TJ condena bando acusado de roubar mais de R$ 17 milhões de empresa de transporte de valores em Marabá

13/11/2018 0 Por Redação

De acordo com o MPPA, as penas dos acusados totalizaram mais de 320 anos de prisão

A 1ª Vara Criminal de Marabá condenou sete homens acusados de envolvimento no assalto de R$ 17 milhões a uma empresa de transporte de valores no bairro Cidade Nova, em Marabá, sudeste do Pará. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (13), as penas dos acusados totalizaram mais de 320 anos de prisão.

O crime aconteceu em setembro de 2016. Sete homens explodiram o prédio da transportadora de valores e saquearam os cofres. Na fuga houve troca de tiros. Uma policial militar do Grupamento Tático foi baleada em uma das pernas, um dos veículos foi queimado, dois foram abandonados na estrada e os outros três foram jogados no rio Tocantins, na saída de Marabá, no sentido de Itupiranga.

Na decisão, a juíza Renata Souza atendeu a uma ação penal proposta pelo Ministério Público do Pará (MPPA). Os acusados foram condenados pelos crimes de de roubo quadruplamente majorado, dois incêndios realizados em caminhões, além de posse e porte ilegal de arma de fogo.

Ainda de acordo com a juíza, o conjunto de provas demonstra que houve um planejamento estratégico do bando armado. Segundo ela, o grupo se tratava de uma associação criminosa, que já era articulada com integrantes de outros estados da Federação.

G1