Ex-presidiário é assassinado em frente à Havan, em Marabá

Ex-presidiário é assassinado em frente à Havan, em Marabá

26/11/2018 0 Por Redação

Executado à luz do dia, motivo do crime que vitimou jovem em frente à Havan no fim da tarde ainda é desconhecido; polícia investiga o assassinato

Homens armados executaram a tiros, no fim da tarde desta segunda-feira (26), o jovem Matheus Silva Araújo, de 22 anos, no pátio da loja Havan, em Marabá. Informações preliminares apontam que houve troca de tiros e a vítima foi atingida.

Após o intenso fluxo de tiros, a vítima ficou agonizando no chão, mas foi a óbito antes da chegada do socorro médico. Relatos de populares afirmam que os algozes do rapaz chegaram em um veículo Wolksvagen Gol de cor branca e efetuaram os disparos.

Assim que os tiros cessaram, uma multidão de curiosos se aglomerou em torno do baleado. A Polícia Militar foi acionada e fez a preservação do local do crime. Em seguida, uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) do Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” (CPC) chegou, chamada pela PM, para efetuar os procedimentos previstos em lei.

Matheus tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas, tendo sido preso no dia 22 de maio de 2015 e solto em 5 de agosto do mesmo ano. No local do crime, o pai da vítima, José de Oliveira Araújo, confirmou a passagem do filho pela polícia, dizendo que o mesmo estava “quieto” há mais de um ano e morando com ele no bairro Liberdade, dedicando-se apenas a estudar.

O Departamento de Homicídios da 21ª Seccional de Polícia Civil de Marabá segue com as investigações do assassinato.